História da Fatesul

           Desde 1989 o Presbitério de Curitiba intensificou o interesse na formação de ministros. O Presbitério das Araucárias criou o Centro Teológico Presbiteriano de Curitiba (CEPET), logo após sua organização, apoiado pelos dois presbitérios em Curitiba. Em 2003, os Sínodos de Curitiba, Vale do Tibagi, Integração Catarinense da Igreja Presbiteriana do Brasil e o Sínodo das Igrejas Evangélicas Reformadas no Brasil criaram a Associação Presbiteriana de Ensino e Beneficência (APRESBES) atuando na formação de ministros. No mesmo ano, a APRESBES iniciou o curso de Bacharel em Teologia, dando início a Faculdade Teológica Sul Brasileira (FATESUL), cujo primeiro diretor foi o Rev. Francisco Creti Neto. O Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, através de sua Comissão Executiva CE/IPB-2016, após proposta de aprovação da Junta de Educação Teológica (JET), declarou a FATESUL instituição idônea. Desde então a instituição tem crescido, e continua formando teólogos e ministros capacitados a Igreja de Cristo. Atualmente a diretoria pedagógica da Faculdade está sob os cuidados do Rev. Rorgers Henry Pianaro.   

 

Curitiba, setembro de 2004.

NASCE UMA FACULDADE TEOLÓGICA

(um pouco de nossa história)

O ensino teológico tem merecido atenção das Igrejas Presbiterianas da Região Metropolitana de Curitiba. Os Presbitérios aqui sediados dão passos importantes para implementar cursos visando instrumentar obreiros em condições de melhor desempenharem a missão suprema do cristão: O Reino de Nosso Senhor Jesus Cristo. Assim em 1989 o Presbitério de Curitiba cria o Instituto Bíblico George Landes, o qual funcionou nas dependências do templo à rua Comendador Araújo, Igreja Presbiteriana Central. Foi tentativa válida, embora de curta duração. Os presbitérios do Sínodo de Curitiba, a saber: Presbitério de Curitiba, Presbitério das Araucárias, e o Presbitério do Tarumã, em 1997, fundam o Centro Teológico Presbiteriano em regime intensivo de fins de semana com aulas em dependências da Igreja Presbiteriana no Alto Boqueirão, período este muito rico em suas atividades e serviços as igrejas. No ano de 2000 essa instituição transfere-se para a rua Comendador Araujo passando a denominar-se: Centro Presbiteriano de Estudos Teológicos, CePET, funcionando até hoje graças ao idealismo e dedicação invulgares de líderes e educadores emprenhados de alma e coração na educação teológica. No ano de 2001 pro inspiração do Sínodo de Curitiba, Sínodo do Vale do Tibagi, Sínodo das Igrejas Reformadas no Brasil e do Sínodo da Integração Catarinense, funda-se o Instituto Bíblico Presbiteriano do Sul – IBPS, com aulas em regime de seminário na sede do Instituto Cristão de Castro. Diante de alguns obstáculos ao funcionamento da instituição em Castro, os referidos os Sínodos, em junho de 2003, por unanimidade decidem criar uma Faculdade Teológica sediada em Curitiba e assim agilizam mas providências para o início das atividades educacionais em 2004. O conselho da Igreja Presbiteriana de Curitiba, sob a direção do Rev. Juarez Marcondes Filho, sensível, concede autorização para o funcionamento da Faculdade em dependências do templo. Cria-se um comissão representativa dos Sínodos que dá os primeiros passos, realizando diversas reuniões e enfim no dia 6 de dezembro de 2003, em memorável Assembleia Especial, composta pelas lideranças dos Sínodos e pessoas interessadas, trinta e seis ao todo, constitui-se a Associação Mantenedora (Associação Presbiteriana Beneficente e de Ensino Sulbrasileira – APRESBES), aprova-se o seu estatuto e o nome da Faculdade: Faculdade Teológica Sulbrasileira – FATESUL. Tanto o IBPS como o CePET continuam a existir desempenhando sua missão específica. Na mesma oportunidade são eleitos para o Conselho Deliberativo da Associação representando os diversos Concílios: Dr. Joel Pugsley, Rev. Alexandre Neubert da Silva, Rev. Samuel Sérgio La Banca, Rev. William Lace Lane, Rev. Celio Voigt, Rev. Osvaldo Henrique Hack, Sr. Reinder Jacobi e Sra. Menna Casperdina de Jager Borg. Representando os associeados: Dr. Rogério Donato Kampa. Diretoria: Presidente: Rev. Agemir de Carvalho Dias; vice-presidente: Rev. Bastiaan Aart Theodoor Witzier; 1º Secretário: Rev. Roberto Carlos do Rosário; 2º Secretário: Prof. Marco Aurélio Monteiro Pereira; 1º Tesoureiro: Dr. Arione Pereira; 2º Tesoureiro: Rev. Cleber de Oliveria Machado. Conselho Fiscal: Titulares: Rev. Juarez Marcondes Filho, Sra. Carmen Lúcia Magalhães Neubert, Sr. Hermannus Gerbit Morsink; Suplentes: Rev. José Barros Filho, Rev. Joel Lino Lemes e Sra. Ignez Azevedo Pugsley. Ato contínuo a diretoria designa o professor, Ver. Fernando Enéias Monteiro de Almeida diretor da Faculdade. A Associação, pessoa jurídica, tem a inscrição nº. 5.153 no 3º Ofício nesta Capital. No dia 6 de janeiro de 2004 realiza-se o vestibular comparecendo 31 inscritos. No dia 8 de fevereiro de 2004 faz-se o culto em gratidão pela abertura da Faculdade sendo pregador Rev. Osvaldo Henrique Hack e no dia 9 seguinte é ministrada a aula inaugural pelo professor Rev. Dr. Agemir de Carvalho Dias, estando desde então em pleno funcionamento o curso de bacharelado em teologia. Consolidar essa grande obra, cuja finalidade principal é: “Organização, manutenção e desenvolvimento de atividades com base na solidariedade, na ética e na moral que promovam o bem-estar social, o ensino, a pesquisa, a extensão, a iniciação científica e a assistência espiritual à população, sem qualquer distinção, em conformidade com os princípios cristãos evangélicos”, como prevê o estatuto, isto é o desafio motivador para a Região Sul do Brasil, seus Concílios e Igrejas no mundo globalizado de hoje. Somos convocados a unir forças diante da complexidade dessa iniciativa de fé. As exigências são muitas: instalações adequadas, alunos em condições de estudar em tempos difíceis, professores qualificados, biblioteca segundo as exigências mínimas de uma instituição que se dedica ao melhor preparo de seus alunos, finanças e muito mais. Homens, mulheres, jovens, que têm o coração no reino do mestre e no aperfeiçoamento de vidas pelo ensino, o nosso pedido de apoio pelas orações, pelo auxilio financeiro ou por quaisquer formas de expressar o comprometimento com as causa para a vitória e crescimento do Reino de nosso Senhor até que Ele venha.

Por Joel Pugsley.